A História do Monopoly


Quem nunca jogou pelo menos uma vez este tão afamado jogo de sociedade? Com a família e amigos, no Natal ou em festas, o Monopoly é o jogo de tabuleiro mais jogado no mundo, neste momento está alguém a joga-lo numa das mais de 200 versões. Desde a sua criação foram vendidos mais de 275 milhões de jogos em 111 países e em 43 línguas
O Monopoly tal como o conhecemos hoje surgiu nos Estados Unidos em 1935 lançado pela Parker Brother’s segundo uma criação do engenheiro Charles B. Darrow. Em 1934 cinco anos após a grande depressão Darrow, da cidade de Germatown, estado americano da Pensilvânia, mostrou a sua criação aos executivos da Parker.
Levou a toalha de mesa onde tinha desenhado o tabuleiro que usava para jogar com a família e amigos, o aspecto deste primeiro tabuleiro mantém-se praticamente igual até aos dias de hoje.


Inicialmente o jogo foi rejeitado por conter 52 erros, como por ser demorado, regras complicadas e por não estar de acordo com as regras de padrões da empresa.
Mas Darrow não desistiu, desempregado, decidiu produzir o jogo sozinho e com a ajuda de um amigo gráfico produziu 1000 unidades feitas à mão e não 5000 como se diz, produziu inicialmente 500 e posteriormente outros tantos. Os jogos foram vendidos a 4 dólares cada para os armazéns de John Wannamaker em Filadélfia.
O jogo tinha conquistado o gosto das pessoas, a procura foi tão grande que Darrow não tinha condições para satisfazer os pedidos. Tal foi o êxito que a Parker Brothers voltou atrás e lançou o jogo em 1935. Esta primeira versão chamada Atlantic City era composta por um tabuleiro com 40 espaços que continha 28 propriedades, os espaços de impostos, prisão, estacionamento livre entre outros elementos. Inicialmente eram produzidas 20 mil unidades por semana e no primeiro ano foi o jogo mais vendido nos Estados Unidos. Darrow em pouco tempo ficou milionário com os direitos do jogo.
A América vivia o rescaldo da grande depressão e o Monopoly trouxe algo diferente na vida gasta e cansada das pessoas. Sonhar ganhar muito dinheiro em tão pouco tempo foi e é este o segredo do êxito do Monopoly.

A história poderia ficar por aqui mas na verdade algo controverso e polémico há neste jogo. Pois Darrow não levou à Parker um jogo original, em 1904 Elizabeth Maggie patenteou (ver foto) um jogo muito parecido cujo nome era “The Landlord's Game” (ver foto) Maggie era assistente do economista Henry George, e o jogo foi criado como uma ferramenta de aprendizagem para ensinar a sua teoria fiscal. O jogo foi criado num tabuleiro quadrado composto por 40 espaços, organizados dez de cada lado. Nas quatro esquinas tinham: receber $ 100, ir para a prisão, parque público, e prisão. No espaço central de cada lado do tabuleiro tinha uma estação ferroviária. No restante espaço tinha propriedades para serem adquiridas e as rendas que tinham de ser pagas. Já começa a parecer-lhe familiar?
Pois bem, a patente foi concedida a Maggie em 1904 nos EUA e iniciou a sua produção e venda em 1906, apesar de não ter tido grande êxito este era tido como um culto no nordeste dos Estados Unidos. A maioria dos jogos eram manufacturados e as regras foram sendo alteradas, assim como os nomes das propriedades que foram mudando de acordo com a localidade onde era jogado.
A patente expirou em 1921 e a senhora Maggie, agora Phillips, fez algumas alterações e foi-lhe concedida uma nova patente em 1924, já com as regras muito semelhantes ao monopoly.
A diferença principal entre o jogo de Magie e o de Darrow era o seu conceito básico, no caso de Magie mostrar como os monopólios são injustos e como as cobranças de aluguer por grandes proprietários sem escrúpulos podiam ser exorbitantes
Mesmo patenteado, algumas pessoas começaram a criar as suas próprias regras, Dan Layman criou a sua versão do Monopólio e vendeu-a à Electronic Laboratories, em Indianapolis, com o nome “Finanças”, esta foi a primeira versão do monopólio a ser vendida em massa. Mais tarde a Electronic Lab. Licenciou o jogo para a Knapp Electric.

Ruth Hoskins comprou um jogo de Dan Layman e levou-o com ela quando se mudou para Atlantic City. Com os amigos jogou e alterou alguns aspectos, reorganizou os espaços e notavelmente mudou o nome das propriedades para o nome das ruas de Atlantic. Jesse Raiford foi neste grupo de amigos e é creditado com a realização de grande parte do trabalho sobre o jogo. Esta versão ficou conhecida como XXXXXXXX.

Charles Darrow (Direitos Reservados)

HOME  |  REGRAS  |  HISTÓRIA  |  ED. PORTUGUESAS  | ED COMERCIAISED. DIGITAIS  |  NO MERCADOFÓRUM  |  LINKS